Telebras quer criar subsidiária para prestar serviços na Copa


O conselho de administração da Telebras aprovou, na reunião desta terça-feira (2), a criação de uma subsidiária integral da estatal dedicada exclusivamente para prestação de serviço de rede à Fifa durante a Copa das Confederações em 2013 e a Copa do Mundo em 2014. Há uma preocupação no governo sobre como a Telebras será remunerada do serviço, item ainda não negociado com os organizadores do evento.

O acordo assinado entre o governo e a Fifa prevê a construção de rede de fibra óptica de alta capacidade, pela Telebras, ligando a seu backbone nacional às cidades-sedes dos jogos. Ela também ficará responsável pela implantação de links de satélite ligando via rádio os campos de treinamento das seleções com as estruturas da Copa. O valor previsto para a implantação – que já está adiantada em algumas cidades – é de R$ 200 milhões.

A proposta da criação da Telebras-Copa ainda terá que passar pelo crivo do Ministério das Comunicações e do Departamento de Coordenação e Governança das Estatais (Dest) do Ministério do Planejamento.

PUBLICIDADE
Anterior Oi espera arrecadar R$ 643 milhões com venda de oito imóveis
Próximos Redes: HP avança em aplicativos para criar valor no legado