Telebras levará o PNBL a Rondônia


A Telebras e o Governo de Rondônia assinam nesta quinta-feira (18), em Porto Velho, um termo de ajuste para execução de projetos relacionados à cooperação técnica envolvendo intercâmbio de conhecimentos e informações, apoio para a cessão e compartilhamento de espaços físicos, de infraestrutura, de capacidade e de serviços de telecomunicações para implantação local do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) e da Infovia do governo do estado. Participarão da solenidade o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo; o presidente da Telebras, Caio Bonilha; e o governador de Rondônia, Confúcio Moura.

Com a parceria, a Telebras disponibilizará conexão e banda de alta velocidade em sua rede de fibra óptica ao governo de Rondônia que, em contrapartida, disponibilizará em torno de 116 km de anéis ópticos municipais para o governo federal avançar com o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) na região Norte. Participa também do projeto a Eletronorte.

A Infovia (backbone) Rondônia é uma infraestrutura de comunicação, por meio de fibra óptica, atualmente em desenvolvimento para fornecer um conjunto de serviços convergentes de voz, dados e imagens em alta velocidade, desempenho e disponibilidade aos órgãos do governo estadual. O desempenho e a confiabilidade da atual infraestrutura de comunicação governamental serão ampliados para suportar diversas tecnologias emergentes que requerem troca de informações em tempo real e em benefício do bem-estar da população de Rondônia, com a entrada no PNBL em todo o estado.

Ao longo da execução do Termo de Ajuste do projeto da Infovia Rondônia, a rede de fibra óptica de 26 mil km será interligada entre a estrutura do Poder Executivo, em todos os municípios rondonienses, com melhor tráfego de dados (Intranet e Internet), voz (Voz sobre IP – VoIP e Telefonia IP), vídeo-monitoramento, controle de acessibilidade e maior segurança. Corpo executivo, secretarias estaduais, órgãos de apoio direto à execução governamental serão contemplados, além de 428 escolas estaduais, 13 Coordenadorias Regionais de Ensino, 187 postos da Polícia Militar, 71 da Polícia Civil, nove hospitais estaduais, seis Escritórios Regionais da Saúde, seis centros de saúde, 26 postos da Fundação Hemocentro de Rondônia (Fhemeron) e nove Agências de Vigilância Sanitária – Agevisa.(Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Live TIM dobrará presença em bairros no RJ até final do ano para fazer frente à GVT
Próximos Procon-SP notifica a Claro por falhas na rede