Telebras convoca acionistas para votar aumento de capital


A Telebras realiza uma assembleia geral extraordinária em 31 de outubro. Na pauta, o aumento de capital para quitar os adiantamentos feitos pela União entre 2015 e 2018 e que viabilizaram o lançamento do satélite brasileiro SGDC-1. O aumento já havia sito autorizado pelo presidente Jair Bolsonaro através decreto publicado em julho.

A estatal informou ao mercado hoje, 1º, que espera angariar R$ 1,51 bilhão com a emissão de 10,18 milhões de ações ordinárias e 8,07 milhões de ações preferenciais. O preço será de R$ 117,59 por ação ordinária e R$ 39,02 por ação preferencial, para subscrição privada. O União, principal acionista, terá preferência na subscrição.

PUBLICIDADE

Durante a assembleia também será votada a mudança do estatuto social da Telebras para inclusão da previsão de capital autorizado no valor de R$1,3 bilhão; e a eleição de dois conselheiros fiscais suplentes, representantes do MCTIC.

Os indicados são o secretário Paulo Alvim, para substituir Tarcísio Cunha, e o também secretário Elifas Gurgel, no lugar de Cristina Miranda. Outro item da pauta será a indicação de Igor Freitas à posição no conselho de administração da companhia.

Anterior Morais: Roaming em cidades pequenas, uma realidade em transformação
Próximos Comissão da reforma tributária discute imposto sobre transação financeira