Telebras ativa rede do PNBL na região Nordeste


A Telebras ativou 4,6 mil quilômetros da rede de telecomunicações de fibras ópticas interligando mais de nove estados do Nordeste e Centro-Oeste para levar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) aos habitantes das regiões e atender as necessidades de infraestrutura para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 2014. A nova infraestrutura atenderá a cerca de 20 milhões de moradores de 51 cidades e três regiões metropolitanas, por meio de provedores regionais.

O primeiro trecho interligará diretamente Brasília (DF), Palmas (TO), Imperatriz (MA), Teresina (PI), Sobral e Fortaleza e Região Metropolitana, no Ceará. De Fortaleza sai o segundo trecho, passando por todo o litoral nordestino: Mossoró e Natal, no Rio Grande do Norte; João Pessoa e Campina Grande, em Alagoas; Recife e Região Metropolitana, em Pernambuco; Aracaju, em Sergipe e Salvador e Região Metropolitana, na Bahia.

Com essa ativação, a rede de banda larga da empresa chega a 21 estados brasileiros, estando apta a atender a mais de 600 municípios por meio dos provedores. A estimativa é chegar a 1.500 municípios até o final de 2013. Para o presidente da estatal, Caio Bonilha, esse é um momento de comemoração, pois muitas dificuldades foram vencidas, como a falta de terrenos adequados à implantação de infraestrutura, licenciamento e disponibilidade de energia elétrica.

“Estamos trabalhando há um ano para viabilizar esse grande trecho, que, como em toda a rede da Telebras, já está preparado para atender o PNBL com velocidade mínima de 2 Mbps ao mesmo valor de hoje para 1 Mbps”, afirmou. A nova velocidade de 2 Mbps pelo mesmo valor de R$ 35,00, já considerado o ICMS, foi determinada pela presidente Dilma Rousseff para meados de 2013.(Da redação, com assessoria de imprensa).

 

Anterior Aumentam as previsões de vendas de tablets no ano
Próximos LTE ganha 19 milhões de assinantes em 12 meses na América do Norte