Telebrás assina primeiro acordo para uso das fibras da Petrobras


A Telebrás assinou o contrato para uso das fibras ópticas da Petrobras na rede do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Esse primeiro acordo prevê a utilização das fibras que percorrem os gasodutos da estatal da rota Sudeste, com 2 mil km de extensão e englobando as cidades de Brasília, São Paulo, Rio e Belo Horizonte.

O valor do contrato não foi divulgado, mas o preço por quilômetro é semelhante ao assinado com as elétricas em abril e equivalem a R$ 94,95 o par de fibras por quilômetro por mês. Novos dois contratos serão assinados entre as estatais, um para uso das fibras do gasoduto da rota Nordeste, que vai até a Bahia, e outro da rota Sul, abrangendo os três estados da região.

A iminente assinatura do contrato entre Telebrás e Petrobras foi antecipada pelo Tele.Síntese, em entrevista publicada na última quinta-feira (12). O presidente da estatal, Rogério Santanna, afirmou que com esse contrato será possível iniciar a implantação da rede do PNBL em cidades da região Sudeste, iniciando por São Paulo.

Anterior Telefónica aprova oferta pública inicial da Atento
Próximos Usuários de internet na China tem usado VPNs para contornar isolamento imposto pelo governo