Telebras agrupa ações, com voto contra dos minoritários


A Assembleia Geral da Telebras aprovou hoje, 2, o grupamento de ações na proporção de 10 para uma. A decisão foi tomada com o voto favorável da União, que detém 57,6% do capital da empresa, e contrário de 1,1% dos acionistas minoritários presentes à reunião.

Conforme a proposta aprovada, foi feito o grupamento de 118.442.718 ações das quais 97.439.719 ordinárias e 21.002.999 preferenciais, representativas do capital social, na proporção de 10 (dez) ações para 1 (uma), resultando em 11.844.270 ações sendo 9.743.971 ações ordinárias e 2.100.299 ações preferenciais.

O grupamento esse papeis foi necessário, conforme a empresa, porque no período de 18 de agosto a 29 de setembro do ano passado as ações estavam cotadas abaixo de R$ 1,00 o que não é permitido pela Bovespa.Com a operação, o capital social subscrito é de R$ 263,145 milhões.

Os acionistas terão 30 dias, a contar da publicação do aviso a ser feito pela empresa, para ajustar as suas posições acionárias mediante negociação na Bovespa ou no mercado de ações. E por isso os que estavam presentes votaram contra o aumento de capital, já que correm o risco de se diluírem.

 

 

Anterior Teles aceitam pagar a taxa da Condecine, se governo cancelar aumento
Próximos Câmara adia escolha de comando das comissões permanentes