Telebras adia leilão do SGDC para setembro


sgdc-visionaA Telebras comunicou ao mercado nesta segunda-feira, 14, que decidiu adiar em um mês o leilão de capacidade do satélite geoestacionário de defesa e comunicações (SGDC). A data de entrega dos envelopes, contendo os lances das empresas interessadas, acontecerá agora da 27 de setembro.

A companhia estatal realizou no final de julho e começo de agosto um roadshow, em que apresentou o leilão a potenciais investidores. Os executivos da empresa, entre eles o presidente interino Jarbas Vales, foram a São Paulo, Londres e Nova York apresentar o potencial de negócios do satélite.

Detalhes do leilão

Estão à venda dois lotes, que totalizam 23 Gbps da capacidade total da nave, de 56 Gbps. Do restante, 11 Gbps são garantidos à Telebras, e outros 12 Gbps poderão ser usados pela estatal, ou vendido em novo leilão – casa haja demanda.

O leilão prevê cessão da capacidade por cinco anos, prorrogáveis uma vez por igual período. Quem arrematar o maior lote ficará encarregado também de prestar serviços à Telebras. Esta vai alugar equipamentos e infraestrutura para cobrir escolas, unidades de saúde, postos de fronteira e o que mais for demanda de Estado por conectividade.

Os compradores, de quaisquer lotes, terão ainda de atender a metas do Plano Nacional de Banda Larga. As empresa terão de ocupar ao menos 25% da capacidade de cada feixe do satélite com a entrega da banda larga. Se não atenderem, a capacidade será devolvida à Telebras.

O edital permite a participação de empresas pequenas, desde que formem um consórcio. Prevê, também, a concorrência de estrangeiras. Todas deverão comprovar experiência de atendimento de serviços por satélite.

No primeiro encontro do roadshow, ocorrido e São Paulo, Valente falou que o lançamento do satélite terá impacto grande na competição da banda larga satelital no país. Pelos seus cálculos, o preço da banda larga por satélite cobrada do consumidor final vai cair em dez vezes.

Anterior Startups lançam manifesto contra mudanças na tributação
Próximos Anatel decide que faixa de radioamador será compartilhada com radar da Embraer