Telefônica lança DDD a 5 centavos em São Paulo


A Telefônica lança a promoção Recarregue Sempre para os usuários de linhas econômicas Pré-paga e Controle, em que o preço das chamadas DDD entre cidades do Estado de São Paulo custa apenas R$ 0,05 o minuto entre terminais fixos. Para outros Estados, o valor do minuto é de R$ 0,15. Quem mora em Campinas e quiser telefonar para São Paulo, por exemplo, vai pagar R$ 0,05 o minuto, em vez dos R$ 0,28 praticados pelo mercado – uma economia de 80%.

Os consumidores que fazem a opção pelos planos de recarga da Telefônica podem definir o gasto mensal. Realizando a recarga de R$ 15, o cliente pode falar até 300 minutos nas ligações DDD dentro do Estado de São Paulo ou 100 minutos para todo o Brasil. Para participar do Recarregue Sempre, os interessados podem recarregar a linha a qualquer momento e aproveitar as tarifas promocionais até o dia 31 de dezembro de 2011. A oferta dá mais liberdade para as pessoas se comunicarem, independentemente da cidade em que estejam, com economia.

 Como é feita a recarga

Os planos de recarga são definidos em função do preço que o cliente escolhe pagar, por meio de compra de créditos pré-pagos para fazer ligações. O objetivo é simplificar a vida do usuário. O crédito pode ser adquirido em um dos pontos de venda, como lotéricas, postos da Telefônica, Correios e bancas de jornal. Há duas opções de recarga: o Cartão da Economia, em que o cliente utiliza o código do cartão para recarregar direto na linha ao entrar em contato com o 0800-7770600; e o Recarga Programada, onde o usuário define um valor fixo de recarga a ser creditado na linha e cobrado em conta mensal. Para facilitar ainda mais a vida do cliente, é possível carregar a linha sem sair de casa e ainda pagar com cartão de crédito. Mais informações podem ser obtidas pelo número 10315. (Da redação, com assessoria de imprensa)

 

Anterior Governo regulamenta isenções a produtos e serviços para a Copa
Próximos Lei não deve responsabilizar provedor de internet por conteúdo de terceiros, defende Abranet.