Tecnologias GSM-HSPA já têm 72% de mercado nas Américas


A 3G Americas, associação do setor sem-fio que representa a família GSM de tecnologias, inclusive LTE, anunciou hoje participação total de mercado de 72% para a GSM-HSPA no mercado americano (Américas do Norte, Central e Sul) de telefonia celular. Esse número representa um aumento de 6% na participação de mercado desde o primeiro trimestre de …

A 3G Americas, associação do setor sem-fio que representa a família GSM de tecnologias, inclusive LTE, anunciou hoje participação total de mercado de 72% para a GSM-HSPA no mercado americano (Américas do Norte, Central e Sul) de telefonia celular. Esse número representa um aumento de 6% na participação de mercado desde o primeiro trimestre de 2008, de acordo com o Serviço Mundial de Informação Celular da consultoria Informa Telecoms and Media. Com quase 555 milhões de assinantes nas Américas no final do primeiro trimestre de 2009, a tecnologia GSM registrou crescimento anual de 25%, agregando mais 110 milhões de novas conexões em 12 meses.

Mundialmente, a GSM e a UMTS-HSPA agregaram 680,7 milhões de assinaturas nos últimos 12 meses (de abril de 2008 a março de 2009), representando uma participação de mercado global de 89% e crescimento anual de 22%, de acordo com a Informa. No final de primeiro trimestre, 4,16 bilhões de conexões celulares estavam em operação no mundo, das quais 3,7 bilhões eram GSM-HSPA.

A Informa registrou 329 milhões de assinaturas UMTS-HSPA em março de 2009, que representa 8% do mercado global sem-fio. Esse número deve passar o marco de 474 milhões até o final de 2009, de acordo com as previsões da empresa, e 1 bilhão em 2012. Hoje, 284 redes comerciais UMTS-HSPA estão em operação com quatro operadoras que já implementaram a HSPA+, com taxas teóricas de transmissão que atingem 21 Mbps no downlink.

No futuro, 120 operadoras devem implementar LTE, o próximo passo na evolução da 3GPP para operadoras GSM, e vários contratos comerciais já foram assinados. “Tudo caminha para a LTE rapidamente se tornar o padrão do mercado, com operadoras 3GPP e não-3GPP planejando redes comerciais. 16 redes LTE devem ser implementadas nos próximos 20 meses por operadoras GSM-HSPA e CDMA”, comenta Chris Pearson, presidente da 3G Americas.

A região América Latina/Caribe está demonstrando crescimento forte com a participação de mercado da família GSM de tecnologias se aproximando de 90% – ganhando 6% nos últimos 12 meses. A família GSM de tecnologias agregou 99 milhões de assinantes na região até março de 2009, para registrar uma base total de 428 milhões de assinantes GSM-HSPA. As redes EDGE e HSPA estão disponíveis em 23 países da região. (Da redação)

Anterior Gigaset lança telefone sem-fio com transmissão de voz pela internet
Próximos ABTA divulga esclarecimento sobre cobrança do ponto extra