Técnicos discutem financiamento ao plano de banda larga


A modalegam de financiamento foi o principal tema da reunião técnica sobre o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), realizada hoje na Casa Civil. O impacto dos custos e a definição de possíveis linhas de créditos do BNDES para financiar o projeto foram debatidos, mas não houve conclusão. Segundo uma fonte do governo, a equipe …

A modalegam de financiamento foi o principal tema da reunião técnica sobre o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), realizada hoje na Casa Civil. O impacto dos custos e a definição de possíveis linhas de créditos do BNDES para financiar o projeto foram debatidos, mas não houve conclusão.

Segundo uma fonte do governo, a equipe do BNDES ficou de levar propostas de financiamento para a próxima reunião técnica, que será realizada ainda este mês. A data do lançamento do pleno, ainda segundo a fonte, ainda não foi definida, mas deve ser no início do mês de abril.

De acordo com informações preliminares, o PNBL deve custar R$ 15 bilhões, incluindo a ativação das fibras apagadas das estatais (a parte eletrônica), a construção do backhaul com enlaces de rádio para chegar a 4.278 sedes de municípios e o acesso dentro das cidades. Os recursos ainda serão suficientes para fazer a parte do acesso nessas cidades e até a oferta direta do serviço.

Participaram da reunião de hoje apenas as equipes técnicas dos 11 ministérios envolvidos no PNBL e do BNDES.

Anterior Idec apresenta à Anatel plano para incluir sociedade na regulação
Próximos Telebrás encerra 2009 com prejuízo de R$ 20,6 milhões