Técnico dá dicas para evitar fraudes on line no black friday


A Black Friday, um dia de grandes liquidações no varejo brasileiro, acontece amanhã.Infelizmente, é também um dia de alegria para os cibercriminosos, que estão aproveitando esta temporada para fisgar consumidores distraídos e lucrar com o roubo de suas identidades pessoais ou bancárias.

Segundo Jaromir Horejsi,  analista sênior de malwares da Avast, os cibercriminosos estão desenvolvendo engenhosas armadilhas baseadas em engenharia social. “Muitos ataques estão usando sofisticadas técnicas como os emails de phishing, para convencer um usuário a fornecer informações relevantes. Muitos desses emails falsos já estão percorrendo a Internet, contendoconfirmações de atraentes transações em grandes lojas, por exemplo. E é claro que muitas pessoas já clicaram no link contaminado, tornando-se novas vítimas”, afirma.

E dá as seguintes dicas para o usuário se proteger:

  1. Revise cuidadosamente todos os emails relativos ao assunto “Black Friday”. Se voce desconfiar do conteúdo da mensagem ou do endereço do remetente, não clique em nenhum link. Nesse caso, a melhor coisa a fazer com o email de phishing recebido é deletá-lo da sua caixa de entrada. Para garantir segurança, procure chegar aos sites de de seu interesse por meio do seu browser e não por meio de um link enviado a você por email.
  2. É vital que você tenha antivírus instalado em todos os seus dispositivos. Os softwares de antivírus, como o Avast, irão detectar e bloquear ataques de phishing antes que eles prejudiquem você.
  3. Confira se o software em todos os dispositivos está atualizado. Os atacantes podem explorar vulnerabilidades que encontram em software desatualizado, e dessa maneira infectar o seu dispositivo e roubar suas informações financeiras enquanto voce faz as suas pesquisas de preços online.
  4. Só faça em lojas online conhecidas e garantidas. Os sites de lojas boas geralmente usam o protocolo HTTPS, para garantir comunicação segura. Você pode identificar se um site está usando HTTPS pelo ícone de um cadeado na barra de endereços do seu browser. Se você estiver na página de fechamento das e não houver o ícone do cadeado, não digite seus dados pessoais e financeiros!

 

Ele diz ainda para sempre monitorar o extrato do cartão e nunca use em sites de varejo a mesma senha que tiver escolhido para o seu banco, por exemplo.

 

Anterior Indústria eletroeletrônica corta mais de 32 mil empregos
Próximos A Vivo dá desconto em 25 modelos e parcela em 12 meses