TCL encerrará produção de aparelhos Blackberry em agosto


A TCL, que até o ano passado fabricava smartphones com a marca Alcatel no Brasil, avisou não vai mais produzir no mundo aparelhos Blackberry. A companhia tinha contrato para usar a marca em celulares com sistema Android e teclado físico.

O acordo para uso da marca Blackberry foi firmado em 2016. Segundo a fabricante, os aparelhos com a marca tinham como diferencial não apenas o tecladinho, mas também recursos de segurança e privacidade exclusivos, além do suporte a clientes da empresa canadense que chegou a dominar o segmento de smartphones nos anos 2000, mas viu seu mercado esvanecer a partir do lançamento do iPhone e similares Android.

PUBLICIDADE

A TCL firmou contrato em 2016 para uso da marca Blackberry, na esperança de alavancar suas vendas em smartphones, sem sucesso, no entanto. O contrato se encerra em 31 de agosto deste ano, e não será renovado. A partir desse dia, a fabricante não vai mais desenhar, produzir ou vender celulares da marca. Quem comprou um modelo recentemente terá suporte para o sistema até agosto de 2022. O último celular da marca foi lançado em fevereiro do ano passado, durante o MWC 2019, e batizado de Blackberry Key2 (foto).

Anterior Inclusão do leilão do 5G no PPI não elimina possibilidade de veto a fornecedor, diz secretário
Próximos Acordo pode suspender greve na Dataprev