Tarifa média da ligação fixo-móvel cai 0,4%


O conselho diretor da Anatel aprovou hoje, 12, a redução das tarifas das ligações fixo-móvel feitas pelos telefones fixos para aparelhos de celular. Conforme o relator do processo, conselheiro Aníbal Diniz, a queda média dessas tarifas foi de 0,4%.

Segundo ele, a inflação acumulada pelo mesmo período de 12 meses pelo INPC foi de 4%. E os serviços de telecomunicações acabaram registrando deflação.

Ainda conforme Diniz, a queda nos serviços de telecomunicações já foi de 4,56 % para 2,77% no peso que compõe o cálculo inflacionário.

A data da queda tarifária dependerá de publicação do ato no Diário Oficial da União.

Confira, abaixo, os índices reajustados:

Plano Básico de Serviço

Concessionária

IST

Fator de Amortecimento

Fator X

Índice de Reajuste

Telemar Norte Leste S.A.

4,6813%

0

4,701%

-0,24%

Oi S.A.

4,6813%

0

4,701%

-0,24%

Sercomtel Telecomunicações

4,4444%

0

4,348%

-0,10%

Algar Telecom

2,7742%

0

4,348%

-1,69%

Telefônica Brasil S.A.

5,3406%

0

4,348%

0,76%

Claro S.A.

3,6071%

0

4,348%

-0,90%

O reajuste será aplicado ao Plano Básico de Serviço de Oi, Telefônica, Sercomtel e Algar Telecom nas modalidades Local e Longa Distância Nacional (VC-1, VC-2 e VC-3) destinadas aos acessos do Serviço Móvel Pessoal (SMP) e Serviço Móvel Especializado (SME); e à Claro na modalidade Longa Distância Nacional (VC-2 e VC-3) nas chamadas destinadas aos acessos do Serviço Móvel Pessoal (SMP) e Serviço Móvel Especializado (SME).

Anterior ARPU móvel em 2018 ainda é menor que o registrado em 2010
Próximos Otávio Rodrigues é eleito para o Conselho Nacional do Ministério Público

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *