Tarifa dos Correios aumenta até 17,64%


O Ministério da Fazenda autorizou na última terça o aumento de até 17,64% das tarifas dos Correios. Os novos valores já devem entrar em vigor no final deste mês. O reajuste é de 17,64% para cartas enviadas para fora do país e  até 13,5%, para correspondências nacionais, considerando as cartas não comerciais. O valor da …

O Ministério da Fazenda autorizou na última terça o aumento de até 17,64% das tarifas dos Correios. Os novos valores já devem entrar em vigor no final deste mês. O reajuste é de 17,64% para cartas enviadas para fora do país e  até 13,5%, para correspondências nacionais, considerando as cartas não comerciais.

O valor da postagem de uma correspondência com menos de 20 gramas para a Europa, por exemplo, passou de R$ 0,85 para R$ 1. Para cartas enviadas dentro do país, o maior reajuste foi no telegrama feito por telefone, que passou de R$ 4,23 para R$ 4,80 por cada página.
O anúncio ocorreu um dia após o fim da greve dos carteiros. O último aumento ocorreu em março de 2007.

Paralisação

Os funcionários dos Correios voltaram ao trabalho na última terça-feira (22), após 21 dias parados. O acordo entre trabalhadores e empresa foi possível após reunião com o ministro das Comunicações, Hélio Costa. Pela proposta aprovada, será pago um adicional de 30% de risco para 43 mil carteiros. Aos demais funcionários da distribuição e aos atendentes em guichê de agência, a empresa continuará pagando o valor fixo de R$ 260. (Fonte: agência Folha)

Anterior Oi tem plano básico de celular para Sâo Paulo aprovado
Próximos Telmex reclama no México contra demora de sua licença de IPTV