Tarifa de assinatura do telefone fixo da Telefônica cai 2,6% a partir de maio


TeleSintese-Grafico-negativo-seta-descendo-caindo-baixa-Fotolia_113746058

O conselho diretor da Anatel aprovou hoje, 19, redução da tarifa dos planos básicos de telefonia fixa da Telefônica, em 2,6%, que vai vigorar a partir de 1 de Maio. Essa queda tarifária é ainda referente aos ganhos operacionais que a empresa teve com a fusão com a GVT e que devem ser repassados para as tarifas da concessão.

A partir de maio, então, a Assinatura Residencial, que está custando atualmente R$ 24,88 (sem imposto) cairá para R$ 24,22. A Assinatura não residencial passará de R$ 41,64 para R$ 40,54 e a assinatura tronco (PABX para grandes empresas) passará de R$ 42,20 para R$ 41,09. A Assinatura do AICE ( telefone popular ) passará de R$ 7,81 para R$ 7,60.

Esses valores só valem para o estado de São Paulo, área de concessão da operadora espanhola. A Telefônica comprou a GVT há mais de três anos, por aproximadamente R$ 22 bilhões. A operação feita com a francesa Vivendi previa o pagamento em dinheiro e ações da Telecom Itália e da própria Vivo. A Vivendi receberia 7,4% das ações da Vivo. A Anatel aprovou a compra em dezembro de 2014.

As regras que definiram a fórmula de cálculo para o repasse ao consumidor dos ganhos obtidos com a fusão foram aprovadas em 2016 pela agência.

 

Anterior Wittel reforça time de executivos para crescer 40% este ano
Próximos Nextel vai pagar R$ 68 milhões, e não R$ 411, por frequência, decide Anatel