Notícias com o tag

venda de espectro


Esta semana, os principais dirigentes da Telefónica reuniram-se com o presidente Jair Bolsonaro e os ministros Paulo Guedes e Marcos Pontes.

O presidente da Anatel, Leonardo de Morais, afirma que mantém a premissa de um leilão não arrecadatório para a 5G. Segundo ele, a agência só terá o valor de venda do espectro depois de concluída a consulta pública, pois vai depender da modelagem do edital, que ainda não está concluída. Disse que o leilão brasileiro será diferente ao da maioria dos países porque aqui não haverá ” escassez artificial” de espetro.

Segundo Ayrton Capella, a Anatel só deveria colocar à venda espectro de 5G depois que tivesse todas as respostas para mitigar a interferência nos 17 milhões de aparelhos de TV aberta na banda C do satélite (TVRO) e depois que a 4G fosse rentabilizada

A consulta pública foi lançada hoje, 18, e o edital venderá 1,8 GHz, 1,9 GHz, 2,5 GHz, e 3,

O presidente da Anatel, João Rezende, afirmou hoje, 11, que a Anatel vai leiloar no final de outubro, início de novembro, a maioria das frequências disponíveis para a banda larga fixa e móvel. A novidade é que a agência estuda incluir também a faixa de 700 MHz no leilão, se aparecer alguma empresa interessada a atender as condições da agência, de só liberar esta frequência para o ano de 2019. “As regras para a venda das faixas de 1,8 GHz, 2,5 GHz e 3,5 GHz já estão quase concluídas. E podemo incluir também a venda da sobra de 700 MHz desde que surja algum interessado em aceitar ocupar esta frequência apenas em 2019, após a transição da TV analógica para a digital”, afirmou.