Notícias com o tag

TV analógica


Termina nesta sexta, 1°, o prazo para que as empresas de celular e as emissoras de TV apresentem os projetos à Anatel para o uso de cerca de R$ 800 milhões que estão sobrando com a conclusão da digitalização dos sinais de TV. O presidente do Gired, Moisés Moreira, quer aguardar pela manifestação da AGU sobre a disputa.

A proposta do Gired é que o desligamento nessas duas praças se efetive em 12 de dezembro. Nessa quarta, serão desligadas as TVs do oeste do Paraná e Sul do Rio Grande do Sul

Secretário de Radiodifusão, Moisés Moreira, diz que pode ser necessário usar dinheiro não apenas para distribuição de conversores de sinal, mas também para digitalização de transmissoras de prefeituras em pequenas cidades. Questão será tratada no Gired e levada ao TCU.

Cidades cearenses vão completar um ano de adiamentos. Índice não alcança o gatilho mínimo determinado de 90% das casas com sintonizador digital para autorizar o desligamento.

Nas cidades onde não se atingir 90% de cobertura, o desligamento da TV ficará para depois.

O desligamento dos sinais de TV analógica conta com o engajamento de líderes comunitários e ONGs de diferentes perfis para fazer chegar às famílias dos programas sociais os kits de conversores e antenas gratuitos.

Capital e cidades do entorno chegaram a 90% de domicílios equipados com televisor compatível com o sinal digital de TV. Desligamento acontece nesta quarta-feira, 22.

Proposta enviada pelo Gired o MCTIC prevê desligar o sinal em 22 de novembro. Previsão inicial era desligar nesta quarta-feira, 8. O grupo também decidiu antecipar o cronograma do switch off nas capitais Boa Vista (RR), Macapá (AP), Palmas (TO), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC).

Região metropolitana tem 87% dos domicílios aptos a receber o sinal digital. O mínimo para haver desligamento do sinal analógico é de 90%.

As cidades de Salvador, na Bahia, e Fortaleza, no Ceará, terão as TVs analógicas desligadas na data programada: próxima quarta-feira, dia 27 de setembro. Conforme pesquisa, 93% das residências de Salvador já estão aptas a receber os sinais de TV digital e, em Fortaleza, a digitalização alcançou 95% das casas. Mas duas outras cidades cearenses, que também deviam ter o fim dos sinais analógicos esta semana, não conseguiram alcançar o percentual mínimo. Juazeiro e Sobral – com 76% e 73% – saíram da lista, por decisão de hoje do Gired. O desligamento nessas duas cidades foi reprogramado para fevereiro de 2018.