Notícias com o tag

tv aberta


abstrata 13

O PL 7406 quer transformar as licenças de TVA em emissoras de TV abertas. Em 2013 a Anatel autorizou a compra de 4 licenças da Abril pela Igreja RRSoares

Reestudar os limites à verticalização, criar regras assimétricas para os menores operadores frente as emissoras abertas de TV digitais e rever preços dos pacotes são as sugestões.

Para a conselheira do Cade, Cristiane Schmidt, concorrentes não podem se juntar com o objetivo de formar preço. Para ela, a joint-venture pretendida é anticompetitiva, não irá gerar eficiência e ainda vai provocar aumento de preços para o cliente de TV paga. “As emissoras devem rasgar esse contrato social e apresentar um novo ao Cade”, alertou ela. O conselheiro Alexandre Macedo pediu vistas por 90 dias.

Regulamentação TV Paga

Ibope constatou que 78% dos lares da cidade de Rio Verde, o município goiano escolhido para ser o piloto do switch off da TV analógica, continuariam a receber os sinais de TV, caso fossem desligados os canais de TV analógicos. Mas informava também que 70% das residências que utilizam o sinal terrestre, só 49% tinham condições de receber o sinal digital. Para que o desligamento se confirme, é necessário que 93% das casas estejam aptas a receber o sinal de TV digital.

Francisco Ibiapina participa da solenidade de entrega dos conversores para os beneficiários do Bolsa Família da cidade.

As duas vagas do ministério no grupo que decide sobre a transição da TV analógica para a digital já estão desocupadas, a espera dos novos titulares.

Conforme o conselheiro da Anatel, o projeto piloto de switch off na cidade goiana não será adiado, nem as condições contratuais assumidas no edital de venda da faixa de 700 MHz serão mudadas.

A revisão dos valores envolve a proposta de instalação de antenas para captar os canais de TV abertas nos conversores das operadoras de TV paga via satelite.

SBT, Record e RedeTV querem criar uma joint-venture para comercializar os seus canais de TV depois da digitalização da TV aberta.

As três emissoras de TV SBT, Record e RedeTV ingressaram no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) pedindo rito sumário na análise de um novo negócio que estão criando: uma joint-venture para oferecer o seu conteúdo audiovisual para as operadoras de TV paga. Mas o órgão antitrust resolveu ampliar o processo por entender que as emissoras, com a fusão, ficarão com mais de 20% do mercado. O Cade ainda vai permitir a entrada da ABTA e da Sky como interessadas no processo.