Notícias com o tag

switch off TV analógica


Com esse percentual, o Gired deve aprovar o desligamento da TV analógica para esta quarta, dia 21, em Goiânia e 28 cidades do entorno.

A entidade, que tem como principal associada a TV Record, alega que as emissoras de TV que já investiram ficam prejudicadas.

Conforme a Seja Digital, 95% dos lares da região metropolitana de SP estarão prontos para captar o sinal digital de TV a partir desta quarta. Mas as operadoras de celular terão que esperar o desligamento de outras cidades paulistas antes de ocupar o espectro de 700 MHz

A decisão de liberar o desligamento da TV analógica com base em projeções futuras de atendimento das residências foi tomada com o apoio do governo, das operadoras de celular e uma emissora de TV.

Depois da região metropolitana de SP, em 29 de março, terão as TVs analógicas desligadas as cidades de Goiânia, em 31 de maio; Salvador, Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Recife e Belo Horizonte em 26 de julho.

O número de residências na Capital Federal e cidades do entorno com TV digital ultrapassa as casas com TV analógica: 98,1%. No Brasil, em 2015 eram apenas 97,2% com casas com TV, segundo a PNAD

No leilão da faixa de 700 MHz, o governo cobrou uma fatura de R$ 3,6 bi das operadoras de celular para a limpeza da frequência. As teles pagaram a primeira parcela, em 2015. No ano passado, a agência autorizou o adiamento. Este ano, a operadoras pedem para pagar apenas mais uma parcela e não toda a dívida, visto que ainda há dinheiro em caixa suficiente para bancar o estágio de desligamento da TV analógica.

O desligamento dos sinais analógicos de todas as emissoras comerciais será feito amanhã à noite e irá afetar uma população de mais de dois milhões de pessoas.

O adiamento do desligamento pleno dos sinais de TV no Distrito Federal se deu porque algumas emissoras comerciais não concordaram com os resultados da pesquisa, que no dia 21 não tinham alcançado os 90% de casas aptas a receberem os sinais. Mas a Anatel acredita que esse percentual já foi alcançado. A partir de amanhã devem começar a ser desligadas algumas retransmissoras de TV.

O foco é o desligamento da TV analógica que vai acontecer no próximo dia 26 de outubro na Capital Federal. Por isso, o Gired (grupo que conduz a transição) e a EAD empresa das operadoras de celular que implementa o processo, negam que qualquer discussão ou decisão sobre São Paulo tenha sido tomada. Mas três fontes ouvidas pelo Tele.Síntese – do governo, das teles, e das TVs – afirmaram que já há consenso para o adiamento do switch off da região metropolitana de São Paulo, que estaria previsto para março, para setembro, juntamente com o restante do estado.