Notícias com o tag

rede de acesso


A Oi está oferecendo a maior rede de transporte do país e novos serviços, como vídeo e Internet das Coisas para os ISPs. Segundo André Telles, a operadora quer suportar o crescimento da banda larga em parceria com os provedores locais.

Este ano, com planos de Claro e Oi ampliarem investimentos em fibra óptica, as grandes operadoras devem se tornar as maiores compradoras das fabricantes de produtos para redes FTTH. Prysmian e Corning já estão ampliando suas fábricas para atender a Oi.

O decreto 9.612/18, que estabelece a prioridade dos investimentos públicos e privados de telecom para a construção de redes de banda larga, não incorporou a intenção do MCTIC, que queria “supervisionar e estabelecer diretrizes” para a ação regulatória da Anatel.

Coordenador global de vendas de sistemas wireless da Intracom Telecom, que tem entre seus focos de atuação a comunicação fixo-wireless, o engenheiro Panagiotis Dallas diz que a 5G é um grande guarda-chuva de tecnologias, onde o que está pronto é a parte de acesso.

Designed by Bedneyimages / Freepik

Estratégia prevê investimento acelerado em FTTH usando como base a rede óptica de transporte e redes metro, além de ofertas regionalizadas que façam frente ao que o ISP local vende. Operadora pretende ter 1 milhão de homes passed com fibra ainda este ano, e chegar a 6 milhões em 2020.

145 bairros receberam a nova rede de acesso da operadora, que promete entrega de velocidades de até 300 Mbps, conforme o plano assinado.

O uso novo equipamento de rede de acesso da Nokia vai permitir à operadora Elisa entregar serviços de banda larga em alta velocidade para seus clientes.

A Anatel definiu três novos mercados relevantes – o de transporte de dados e o de interconexão de dados, de dutos além dos de acesso, roaming, interconexão (fixa e móvel) que já existiam. Em todos eles, Oi e Telefônica terão controle de preços em milhares ou centenas de cidades onde atuam.

O Ministério das Comunicações autorizou hoje,29, novos projetos da operadora de celular no âmbito do Regime Especial de Tributação do Programa Nacional de Banda Larga para Implantação de Redes de Telecomunicações – REPNBL.

O prazo para a apresentação de projetos pelas empresas terminou ontem, 30, mas a aprovação das propostas será feita ao longo deste ano pelo Ministério das Comunicações.