Notícias com o tag

recuperação


Operadora ganha mais prazo para quitar dívidas, mas aceita elevar juros e dispor bens como garantias.

Controladora da tele explica que precisa alongar prazos de amortização e pagamento de juros para sustentar a operação neste ano, quando prevê retração devido à situação macroeconômica, à competição e perda dos usuários iDEN.

Dados preliminares mostram recuperação após fracasso do Galaxy Note 7 em 2016

Dois processos vão correr em paralelo: um sobre multas transitadas, ou, créditos já “constituídos” que estão na jurisprudência da AGU. E outro que está na esfera da agência, que seriam os créditos “não constituídos”, que somam cerca de R$ 8,5 bilhões, conforme os números divulgados pela própria Anatel. Embora a agência concorde em transformar essa dívida em investimento, pelo acordo de TAC, ela quer travar essa negociação fora da recuperação judicial, para não ter que depender dos demais credores.

A Oi entregou hoje, 5, à Justiça do Rio o seu plano de recuperação judicial, com os detalhes da proposta para os credores dos R$ 65,4 bilhões de sua dívida (deve ser um pouco maior). O plano prevê a venda de muitos ativos, incluindo imóveis que até pouco tempo eram bens reversíveis à União, várias empresas subsidiárias e mesmo “operações de telefonia móvel”. A ideia não é vender toda a sua parte móvel, mas talvez algumas áreas que façam sentido, se for necessário. Sus proposta, que segundo algumas avaliações preliminares estaria longe de satisfazer os credores, é de pagar à vista as dívidas pequenas — R$ 1 mil credores em geral, e R$ 150 mil fornecedores. Os créditos trabalhistas serão divididos em cinco parcelas mensais com seis meses de carência.

PricewaterhouseCoopers e o escritório de advocacia Arnoldo Wald serão os administradores judiciais da Oi enquanto o processo correr na 7ª Vara Empresarial do Rio. Operadora tem R$ 65,4 bilhões em dívidas.