Notícias com o tag

recuperação judicial


[Atualizado] Oi anunciou que vai adiar a divulgação de seus resultados trimestrais, marcada para ocorrer hoje após o fechamento do pregão, também para 15 de junho. Mas revelou dado preliminar de EBITDA, que encolheu em relação à cifra registrada no 1º tri de 2019.

Designed by Freepik

Uma das empresas que poderá se beneficiar do novo sistema de parcelamento é a operadora Oi, que está sob regime de recuperação judicial.

Pelo projeto, ficam suspensas por 60 dias as ações judiciais de execução que envolvam discussão ou cumprimento de obrigações vencidas após 20 de março de 2020.

Cabo Submarino Seabras-1 Seaborn Networks

Plano deverá ser apresentado ao tribunal de Nova York até 18 de agosto, e votado até 19 de outubro.

Uma das empresas que poderá aderir ao novo modelo de parcelamento é a operadora Oi, que está em recuperação judicial com um passivo de R$ 40 bilhões somente em obrigações acessórias.

Operadora resolve agir enquanto regras da Anatel para a migração das concessões não saem. Empresa vai diminuir as vendas de produtos legados e o Capex relacionado. Também vai realizar iniciativas de simplificação de ofertas, da estrutura administrativa e de automação a fim de reduzir custos em até R$ 1 bilhão neste ano.

Operadora terá, antes, de apresentar a proposta de alteração no plano de recuperação ao Tribunal de Justiça. Juiz deu 180 dias para que a tele mostre o que vai sugerir aos credores.

Ministro afirma que decisão é antiga e que a tutela de urgência deve ser concedida quando houver elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo de dano ou risco ao resultado útil do processo

Operadora poderá focar investimentos em fibra e negociar com menos urgência a venda de outros bens, segundo analistas.

Companhia reduziu investimentos, mas houve queda nas receitas. Restavam em novembro R$ 2,23 bilhões, menor patamar desde o início da recuperação judicial.