Notícias com o tag

PT


Governo deverá aguardar a saída do conselheiro Marcelo Bechara, em agosto, para fazer a indicação de dois nomes ao Senado

A EU condicionou a aprovação da compra da PT à venda, pela Altice de seus ativos de telecom em Portugal

Executivo afirma que após assumir comando da Oi perdeu contato com as questões da PT e nega ter sido informado sobre operação de compra de 897 milhões de euros em papeis da Rioforte, que nunca foram pagos.

Com a colaboração de Miriam Aquino

Aprovada a venda da operadora Portugal Telecom pela assembleia da PT SGPS, o próximo movimento da Oi envolve a consolidação do mercado de telecom no Brasil. De acordo com analistas, há duas possibilidades na mesa. A compra de uma fatia da Telecom Italia pela CorpCo (a nova Oi) e a incorporação da Oi pela TIM, e o fatiamento da TIM em três partes a serem adquiridas pela Claro, Telefônica e Oi, com devolução das frequências onde houver sobreposição.

Uma no cravo outra na ferradura. Assim pode ser resumido o longo comunicado da holding PT SGPS enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), na noite de ontem (15) por determinação da xerife do mercado português, que queria maiores informações sobre a operação de venda da Portugal Telecom para a Altice, antes da assembleia gerial marcada para o dia 22 de janeiro. O comunicado é um resumo da ferrenha disputa que está sendo travada sobre o tema. Ao mesmo tempo em que afirma que a venda da operadora portuguesa poderia ser interpretada como o descumprimento do acordo firmado com a Oi, admite também que, sem esta venda, a Oi e os seus próprios acionistas perderiam valor.

Depois de terem atingido o mais baixo valor ontem, com queda de mais de 12%, esta quarta-feira,12, as ações da PT abriram com forte alta, com 14% de valorização.

Na avaliação dos sócios privados e públicos da Oi, não há nenhuma possibilidade legal de a operação Oi/PT ser desfeita, como já defendem alguns empresários, como Isabel dos Santos, e sindicalistas. “Não há nenhuma possibilidade de se anular a operação”, diz um executivo.

As ações da PT SGPS estão com forte queda devido a suspensão da assembleia geral da empresa, tendo já atingido um novo mínimo histórico após uma queda de mais de 12%. Ontem as ações da Oi já tinham caído mais de 13%. Os acionistas da holding decidiram adiar para o dia 22 de janeiro a decisão da venda da operadora portuguesa para a francesa Altice.

Executivo é mencionado em auditoria da PT SGPS. Operadora reafirma não ter sido informada sobre investimentos na Rioforte.

Os acionistas da PT SGPS decidiram hoje adiar por 10 dias a assembleia geral que iria decidir sobre a venda da Portugal Telecom para a francesa Altice, negociação feita pela Oi, no valor de 7,9 bilhões de euros. A Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de Portugal não ficou satisfeita com o relatório da consultoria contratada – a PriceWaterhouse Coopers – e já tinha reclamado da posição da empresa portuguesa sobre a falta de maiores informações para os acionistas decidirem sobre esta venda. A Oi lançou comunicado informando que apoiou a suspensão da assembleia de hoje e seu adiamento por 10 dias. A operadora brasileira salienta que