Notícias com o tag

monet


Iniciativa une Universidade Internacional da Flórida, Rede Nacional de Ensino e Pesquisa, Angola Cables e Rede Terciária de Educação e Pesquisa da África do Sul.

Os cabos SACS e MONET, da Angola Cables, estão garantindo todo o tráfego de dados entre Angola, Américas e Europa após avarias em dois outros cabos que conectam o país africano à Europa

Tannat liga Brasil a Uruguai, e Júnior reforça tráfego entre São Paulo e Rio de Janeiro. Ambos se conectam ao Monet, que vai até os EUA.

Com o negócio, empresa angolana conseguirá entregar serviços de tráfego submarino no interior dos EUA.

Entre este mês e 2019, oito novos cabos submarinos vão entrar em operação conectando o Brasil aos demais continentes. Hoje, existem seis cabos em funcionamento.

A operadora mineira Algar prepara o terreno para iniciar as operações no Nordeste a partir de Fortaleza. Aguarda apenas a ativação do cabo submarino Monet, construído em parceria com o Google, e que vai interligar a região à sua rede do Sul do país.

Cabo submarino que liga Brasil a Angola pelo Atlântico Sul entra em operação em 2018. Já o Monet foi todo lançado ao mar.

O ponto de chegada na capital cearense é também local de interligação com o Sistema SACS, cabo submarino que fará ligação à África e à Europa.

A fibra ótica ligará o site da Equinix em Miami a Fortaleza, CE, e Praia Grande, SP, de onde ocorrerá a distribuição do tráfego pela América do Sul

Empresa começa a operar dois cabos submarino no Brasil em 2017 e 2018, que estima ocupar com demanda de provedores locais e de empresas do Oriente Médio e da Ásia. Em seu projeto mundial, vê como concorrentes as grandes operadoras Telefónica e Telecom Italia, além das especializadas, como a Level 3.