Notícias com o tag

José Félix


O presidente da Claro Brasil, José Félix, concorda com mudança na Lei do SeAC para atender à AT&T, mas não aceita que a competição não seja isonômica. Para ele, seja Fox, HBO ou Globo, se essas empresas quiserem cobrar assinatura de TV, seja na internet ou no satélite, terão que pedir licença de SeAC. E acha que se não prevalecer a isonomia, o mercado de audiovisual estará absolutamente internacionalizado em três anos.

O CEO da Claro Brasil, Jose Félix, contesta aqueles que atribuem à operadora alguma intenção de querer atrapalhar a votação do novo marco para o setor. Segundo ele, a empresa vê com muitos bons olhos sua aprovação, principalmente porque irá esclarecer a polêmica em torno do bem reversível e das outorgas de espectro.

A integração da marca NET à Claro, última etapa de um processo iniciado há três anos, gerou, no primeiro mês, resultados maiores do que os projetados, afirmou o CEO da Claro Brasil.

José Félix ,presidente da Claro Brasil, quer entender melhor o que significa um “leilão não arrecadatório,” o que, para ele, poderia ser de graça. Mas já avisou aos acionistas que a empresa terá que participar desta venda de espectro.

Os presidentes da Claro Brasil, José Felix, e da Oi, Eurico Teles, defendem que o Brasil mantenha-se neutro frente a atual guerra tecnológica entre Estados Unidos e China, que afeta diretamente a fabricante Huawei, que tem muita presença no mercado brasileiro.

O CEO da Claro Brasil, José Félix, acredita que a assimetria regulatória setorial, para estimular o surgimento das pequenas empresas de acesso à internet por banda larga, acabou criando dois tipos de consumidores- aqueles das grandes cidades, que podem escolher entre diferentes ofertas, mas que têm inúmeras proteções, e aquele das cidades pequenas, que só têm uma oferta, e mesmo assim não têm qualquer proteção de atendimento ou de qualidade.

O grupo Claro Brasil mantém as três marcas Claro, NET e Embratel, mas passa a contar agora com apenas duas unidades de negócios: a Empresarial, que continua com a Embratel, sob a batuta de José Formoso; e a Unidade de Consumo e PME, sob o comando de Paulo Cesar Teixeira. Marcio Carvalho assume o marketing da Claro Brasil.

O presidente da Claro Brasil acha que as telecomunicações podem ajudar o Brasil a queimar etapas.

Para José Félix, presidente da Claro Brasil, que reúne Claro, Net e Embratel, 2018 tende a ser melhor que o ano anterior, mas o clima eleitoral traz um cenário de polarização que o preocupa. Mesmo assim, vê alguns sinais melhoria dos indicadores econômicos. Nesta entrevista ao Tele.Síntese, ele diz que é preciso buscar um novo modelo de negócios para expandir a rede de TV paga para cidade menores, avalia que a concentração do mercado na telefonia móvel seria salutar e comenta sobre as preferências do cliente.

O grupo acha que o projeto libera as teles para criar serviços de internet sem precisar criar uma empresa independente, como é hoje.