Notícias com o tag

João Rezende


Para preservar a inovação e o avanço tecnológico da internet e os níveis de investimentos em infraestrutura será necessário redistribuir a carga tributária entre telecomunicações e internet, defende João Rezende, ex-presidente da Anatel.

Ex-presidente da Anatel alerta para a tendência crescente de que os governos busquem aumentar as receitas por meio da inclusão da internet como serviço de telecom.

O presidente da Anatel, João Rezende entregou hoje, 10 de agosto, a carta de renúncia ao mandato de conselheiro da Anatel, que tinha até dezembro de 2018 e de presidente da Anatel até 5 dezembro deste ano. A sua intenção de deixar a agência, por motivos pessoais, já tinha sido antecipada pelo Tele.Síntese. Para o seu lugar o ministro Gilberto Kassab convidou o ex-ministro Juarez Quadros, que deverá aceitar a tarefa.

Segundo o presidente da Anatel, João Rezende, a agência continua monitorando pari passo os movimentos da operadora, após a recuperação judicial e está alerta para qualquer risco sistêmico.

O ex-deputado e engenheiro Jorge Bittar aguarda apenas a indicação do novo presidente para deixar a Telebras. João Rezende, presidente da Anatel, que manifestou vontade de deixar o cargo ainda antes do afastamento da presidenta Dilma Rousseff, por motivos pessoais, vai ficar para fazer a transição.

João Rezende estima que haverá aumento no número de clientes pós-pagos, mas não compensará a perda de clientes pré-pagos.

O presidente da Anatel voltou a dizer que não acha adequada qualquer iniciativa para tentar barrar a atuação das empresas que oferecem conteúdo pela internet.

Veja o que aconteceu na cerimônia de entrega da quarta edição do evento anual e conheça as empresas e os produtos eleitos os mais inovadores do ano por um juri qualificado.

Para o advogado Floriano Marques de Azevedo, a Lei Geral dá a Anatel competência para alterar as regras da concessão. Debate sobre o tema polariza painel de abertura do 59º Painel Telebrasil. Amos Genish, presidente da Telefônica Vivo, disse esperar que a Anatel mude de posição e Bayard Gontijo, presidente da Oi, afirmou que qualquer que seja o caminho, a mudança da concessão tem que ser urgente, pois suas obrigações oneram as concessionárias com exigências que não beneficiam mais a sociedade e tiram investimentos em serviços de que a população necessita, como banda larga.

joaorezende2

João Rezende disse, na Câmara dos Deputados, que a redução do número de competidores, como se observa em diferentes países do mundo, preocupa a agência reguladora.