Notícias com o tag

EAD


O adiamento do desligamento da TV analógica em São Paulo, pedido pelas operadoras de celular, e que conta com forte resistência da TV Record, mas com a compreensão da TV Globo, não será decidido agora, nem pelo MCITC nem pelo Gired (Grupo que conduz a transição do processo, coordenado pela Anatel), informaram ao Tele.Síntese fontes do governo.

O conselho diretor da Anatel decidiu, em circuito deliberativo, negar o pedido de prorrogação de prazo para o pagamento da terceira parcela devida pelas operadoras de telefonia móvel à Entidade Administradora do Processo de Redistribuição e Digitalização de canais de TV e RTV (EAD).

As teles pediram o adiamento do switch off de SP de 29 de março, para 30 de agosto. Emissoras de TV acham o prazo muito longo.

A EAD (empresa que financia a transição da TV analógica para a digital) formalizou ao ministro Gilberto Kassab o pedido para o adiamento do desligamento dos sinais de TV da região metropolitana de São Paulo. Previsto para 29 de março de 2017, as empresas querem adiar para 30 de agosto. Também pedem para retardar o cronograma das cidades de Salvador, Fortaleza, Juazeiro, Sobral e Recife em um ano, para 26 de julho de 2018.

As operadoras de celular, pela empresa Seja Digital, já distribuíram mais de 285 mil kits com o conversor e a antena de TV digital em Brasília e seu entorno.

O foco é o desligamento da TV analógica que vai acontecer no próximo dia 26 de outubro na Capital Federal. Por isso, o Gired (grupo que conduz a transição) e a EAD empresa das operadoras de celular que implementa o processo, negam que qualquer discussão ou decisão sobre São Paulo tenha sido tomada. Mas três fontes ouvidas pelo Tele.Síntese – do governo, das teles, e das TVs – afirmaram que já há consenso para o adiamento do switch off da região metropolitana de São Paulo, que estaria previsto para março, para setembro, juntamente com o restante do estado.

O ministro Kassab afirmou que as divergências entre os radiodifusores e operadores de telecom foram resolvidas, que o critério da pesquisa será o do Ibope e que dia 26 de outubro TV analógica será desligada no DF.

Tv Paga

O MCTIC propôs aos fabricantes de TV que eles aceitem os conversores distribuídos aos cadastrados do Bolsa Família como entrada para a compra de um aparelho.

Saiu hoje, 29, a portaria de Gilberto Kassab que define que o conversor da TV digital deverá ser distribuído para todos do Bolsa Família e do Cadastro Único terá que vir com interatividade, ou com o Ginga. Agora, teles e radiodifusores não se entendem sobre a cobertura dos sinais digitais no Distrito Federal. Governo terá que arbitrar os critérios. Data para o desligamento da TV analógica está marcada para 26 de outubro.