Notícias com o tag

1t20


Operadora alega que não foram sentidos os efeitos da pandemia no primeiro trimestre. Aumento de despesas, depreciações e amortizações devido à expansão da rede a novas cidades afetou o resultado final.

Transação foi concluída em 31 de março. Quanto às receitas com serviços, grupo dono da TIM Brasil apresentou queda e reflexos da pandemia de Covid-19.

Queda de receitas em produtos como roaming e pré-pago foi compensada pela redução dos custos comerciais. Ainda assim, tombo dos lucros foi de 56%. Desvalorização do real teve forte impacto no resultado do grupo.

Estabelecimentos reabertos ficam no interior e ainda não têm fluxo de pessoas igual ao que era registrado antes da pandemia. No pré-pago, companhia viu tombar quantidade de recargas, mas números aumentaram em abril.

Resultado teve impacto de impostos e depreciações. Covid-19 ainda gerou poucos reflexos, que se concentraram nas vendas de aparelhos. Empresa apontou também diminuição do market share tanto no móvel, quanto no fixo.

Empresa reportou baixa de € 200 milhões nas receitas e prevê impacto maior no segundo trimestre do ano

Desvalorização de 25% no câmbio do país de origem da holding, enfraquecimento do real e das moedas de outros países da América Latina tiveram forte impacto nas contas do grupo.

Empresa diz que março foi atípico, com drástica redução nas receitas de publicidade em função da crise de Covid-19 que assola o mundo.

De janeiro a março, 275,41 mil (13%) migrações foram feitas por usuários de terminais fixos e 1,87 milhão (87%) demandadas por titulares de telefones móveis.