TAC firmado entre Telefônica e prefeitura de São Paulo começa a sair do papel


O secretario de tecnologia da cidade de São Paulo, Daniel Annenberg (foto), afirmou hoje (22) que o termo de ajustamento de conduta firmado entre a Telefônica Vivo e a prefeitura em 2012 finalmente começa a sair do papel. Segundo ele, em valores corrigidos, a operadora deverá investir R$ 52 milhões no município.

Annenberg diz que a tele está substituindo links de 2 Mbps contratados pela cidade por pontos de acesso de até 50 Mbps. Ele não soube precisar quanto do TAC já foi executado, e quanto falta. Falou que o acordo está permitindo readequação da grande infraestrutura legada que a capital paulista possui.

O secretário afirmou, ainda, que está concluindo como a operadora participará da instalação dos equipamentos doados pela Cisco ano passado. A fabricante repassou à prefeitura paulista R$ 300 milhões em equipamentos usados nas Olimpíadas. Mas a doação não previa instalação – o que poderá ser feito pela Telefônica nos CEUs da cidade. Ele participou na manhã de hoje (22) de workshop sobre a lei das antenas na Fiesp.

Anterior São Paulo: Prefeitura e operadoras defendem aprovação do PL das Antenas
Próximos Anatel consulta empresas para aquisição de assistente virtual