Tablet mais barato do mundo já recebeu 1,4 mi encomendas em 2 semanas


 

O Aakash, conhecido como o tablet mais barato do mundo, chegou ao mercado há apenas duas semanas e já recebeu 1,4 milhão de encomendas, levando sua fabricante, a britânica DataWind, a abrir mais três fábricas na Índia para produzir o aparelho. O tablet foi anunciado em outubro do ano passado pelo governo indiano, que subsidiou sua venda para estudantes no país a US$ 35.

 

“Nunca esperamos uma resposta tão grande, tanto de consumidores corporativos quanto de indivíduos. Planejamos fabricar entre 70 e 75 mil unidades por dia quando as fábricas estiverem em operação, em abril”, disse o presidente da companhia, Suneet Singh Tuli, segundo o jornal Times of India. Tuli, que está no Panamá a convite do governo para participar de um projeto de inclusão digital, já afirmou que estuda trazer uma fábrica do Aakash ao Brasil.

 

“Para lidar com os impostos do país, estamos pensando em produzir o aparelho localmente”, afirmou em entrevista ao portal G1 em outubro. “Como outros governos ao redor do mundo, o interesse do Brasil é criar uma produção local e proporcionar dispositivos de baixo custo para os estudantes”. Além de Brasil e Panamá, a empresa também estuda parcerias com Tailândia, Turquia, Egito, Sri Lanka e Trinidad e Tobago. (Da redação, com agências internacionais)

Anterior Direito autoral: Espanha adere ao cerco.
Próximos Anatel não consegue concluir todos os Pados, que vão para o arquivo, por decurso de prazo.