T-Mobile pagará US$ 3,5 bi à Ericsson para construir rede 5G, nos EUA


Designed by Freepik
Designed by Freepik

A operadora norte-americana T-Mobile contratou a Ericsson para construção de sua rede 5G nos Estados Unidos. O negócio, no valor de US$ 3,5 bilhões, prevê implantação de antenas e uso de software para gerenciamento da rede desenvolvidos pela fabricante sueca.

O projeto prevê adaptação da atual rede LTE da operadora para o padrão de quinta geração de redes móveis. A Ericsson também vai prover os sistemas de suporte (BSS) e um núcleo de rede virtualizado.

Curiosamente, a T-Mobile também anunciou recentemente um acordo, de mesmo valor, com a Nokia, rival da Ericsson. No pacote, também a construção de rede 5G.

O CTO da T-Mobile, Neville Ray, provocou os concorrentes na divulgação do contrato com a Ericsson. Disse: “Enquanto os outros só prometem, nós cumprimos o que anunciamos”. Ele também afirmou que, caso a fusão com a operadora Sprint seja aprovada, o acordo vai ser usado para reforço de ambas as redes.

A T-Mobile e a Sprint aguardam o aval do governo para levar a cabo a união das operações, anunciada este ano. Caso aprovado, o negócio movimentará US$ 26 bilhões.

Com, ou sem, a união das companhias, a T-Mobile pretende lançar sua rede 5G já no começo de 2019. (Com agências internacionais)

Anterior Imóvel de concessionária está na lista de bem reversível do TCU e da Anatel
Próximos Telecom Italia oferece € 951 milhões em leilão de espectro 5G