T-Mobile e Sprint estudam venda de divisão de pré-pagos para obter aval à fusão


As operadoras norte-americanas T-Mobile e Sprint, terceira e quarta maiores no mercado móvel, em quantidade de usuários, dos Estados Unidos, estudam venda de ativos para garantir que os reguladores aprovem a fusão entre as empresas.

Conforme o site Bloomberg, ambas cogitam vender a unidade de serviços móveis pré-pagos na tentativa de convencer, desta forma, o Departamento de Justiça e a Federal Communications Commission (FCC) de que a união não vai reduzir a competição no mercado celular dos EUA.

Segundo o site, o mercado pré-pago é considerado sensível pelos reguladores por atender à parcela mais pobre da população. Com um competidor a menos, haveria queda na competição e possível elevação dos preços. Outro plano em análise seria a venda de outorgas de espectro, ou mesmo a proposta de vender acesso à rede a um novo competidor no mercado móvel.

A expectativa das empresa é concluir o negócio no começo do próximo trimestre. No passado, as empresas já fizeram concessões, entre as quais, não utilizar equipamentos chineses em suas redes. Se aprovado como está, o negócio movimentaUS$ 26 bilhões e forma uma empresa com 126 milhões de usuários, menor, portanto, que Verizon e AT&T.

Anterior Fundo Naspers vende o Buscapé ao Zoom
Próximos Para Anatel, o PLC 79 pretende esclarecer incidência do Fust na radiodifusão

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *