STFC encolheu 1,4% em maio


A quantidade de linhas de telefonia fixa encolheu 1,4% em maio, na comparação com abril, segundo dados da Anatel. O país terminou o mês com 35,8 milhões de acessos fixos em uso, o que significa que houve desligamento de 506,37 mil assinaturas.

Comparado com maio de 2018, a retração é ainda maior: desligamento de 2,98 milhões de linhas, equivalente a uma retração de 7,68%.

A Telefônica foi a operadora que mais perdeu assinantes. Foram 395,9 mil cancelamentos. A empresa terminou o mês com 11,9 milhões de clientes. Já a Oi desligou 108,4 mil linhas, ficando com base de 11,25 milhões de clientes. A Claro, cuja maioria dos acessos se dá no regime de autorizada, perdeu 28,9 mil assinantes, permanecendo com 10 milhões de linhas fixas.

A TIM foi a operadora que mais cresceu. Registrou 21,7 mil novos acessos, mas ainda é pequena no mercado de telefonia fixa, uma vez que possui 967 mil clientes. Em seguida vem a Algar entre as empresas com mais adições. A companhia mineira somou 10,4 mil novos assinantes em maio, terminando o mês com 1,18 milhão de linhas.

Anterior Senado aprecia PL que acaba com restrição à propriedade cruzada no mercado de TV paga
Próximos Contic quer isenção do Sistema S se a entidade de TICs não sair