O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação informa que estão abertas as inscrições ao programa Startup Brasil até 24 de outubro, para a seleção de mais 50 empresas nascentes de base tecnológica para integrarem a turma 4 da iniciativa de aceleração. Cada startup apoiada recebe R$ 200 mil em bolsas.

Para concorrer a uma vaga, as empresas devem ter até quatro anos de existência,  e precisam desenvolver software, hardware e serviços de tecnologia da informação (TI), ou criar novas soluções que usem esses elementos em seu esforço de inovação.

As inscrições ocorrem por edital e precisam atender aos critérios de elegibilidade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI) para startups nacionais e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para startups internacionais.

Entre as propostas enviadas, até 25% das vagas serão destinadas a startups internacionais, que devem se mudar para o Brasil para receberem o apoio. Após a divulgação das empresas nascentes selecionadas, cada uma tem 60 dias para negociar com até seis aceleradoras das 12 qualificadas e fechar acordo com uma delas.

Firmado esse contrato, a startup passa a fazer parte do programa de aceleração, recebendo assim o apoio de R$ 200 mil em bolsas de pesquisa, desenvolvimento e inovação para empreendedores.

Além dessas bolsas, o projeto contemplado recebe um aporte financeiro da aceleradora, de valor variável, para inserção no mercado. Os benefícios incluem mentorias, coaching, treinamentos, assessoria jurídica e networking, entre outros.(Com assessoria de imprensa)