Sprint próxima de comprar a T-Mobile nos EUA


A tendência de consolidação nos mercados de telecomunicações de Europa e Estados Unidos deve ganhar um reforço. Segundo o canal de notícias Bloomberg, a operadora norte-americana Sprint, controlada pela SoftBank, do Japão, está em negociações avançadas para aquisição da T-Mobile US. A compra pode ser anunciada, oficialmente, já em julho.

O acordo, que pode passar dos US$ 40 bilhões, envolve pagamento e troca de ações no valor de US$ 31 bilhões. A Sprint também assumiria a dívida da concorrente menor, de cerca de US$ 14,5 bilhões. Atualmente, a alemã Deutsche Telekom possui 67% da T-Mobile US. Com a operação, passaria a deter apenas 15%. Fontes ouvidas pelo canal de notícias teriam dito que a companhia europeia exigirá, em contrapartida, o pagamento de ao menos US$ 3 bilhões.

A fusão vai depender também dos órgãos reguladores locais. A expectativa no mercado é de que, seguindo os exemplos da aquisão da DirecTV pela AT&T no último mês, ou a compra da Time Warner pela Comcast, em fevereiro, o FCC não deve apresentar grandes objeções. Sprint e T-Mobile US são, respectivamente, terceira e quarta colocadas no market share de operadoras móveis nos EUA.

Enquanto isso, rumores sobre consolidação do mercado chegar ao Brasil, com fatiamento da TIM, por exemplo, levanta questionamentos de empresas do setor e acirra especulações em outras.

Anterior Lei da comunicação eletrônica deverá trazer cotas de conteúdo
Próximos A partir de julho reuniões da Anatel serão abertas ao público e a sustentações orais das empresas