Sony registra prejuízo de US$ 1,7 bilhão com celulares


A fabricante de eletrônicos Sony avisou nesta quarta-feira (17) ao mercado japonês que deixará de pagar dividendos após prejuízo recorde em sua operação de dispositivos móveis. A empresa já havia revisado para baixo os resultados em julho. A área vai registrar perdas equivalentes a US$ 1,7 bilhão no trimestre de julho a setembro, segundo do ano fiscal de 2015 da empresa. A companhia também revisou para baixo o resultado do ano, que se encerra em março de 2015. A previsão agora é que haja prejuízo líquido de US$ 2,14 bilhões. Em julho, a previsão era de perdas de US$ 470 milhões.

Com o resultado, a empresa iniciou uma revisão da estratégia para seus smartphones. A nova abordagem deve concentrar esforços na venda de aparelhos premium em certos países e prevê a redução do número de modelos intermediários. À agência de notícias Reuters, o presidente da companhia, Kazuo Hirai, afirmou que a empresa vai cortar 15% da mão de obra da divisão de dispositivos móveis.

 

Anterior TIM nega disposição de compra da Oi pela Telecom Italia
Próximos Telefónica vai usar solução da Huawei para gerenciar redes na América Latina