Sonaecom vende participação na PT


A Sonaecom comunicou, ontem, 6 de fevereiro, a venda da sua participação de 1% na Portugal Telecom. Com este negócio, a operadora deixa a cena após o fracasso da OPA (Oferta Pública de Aquisição) lançada para compra da PT, e passa a não ter qualquer participação no antigo alvo. Ao todo, segundo informa o comunicado, …

A Sonaecom comunicou, ontem, 6 de fevereiro, a venda da sua participação de 1% na Portugal Telecom. Com este negócio, a operadora deixa a cena após o fracasso da OPA (Oferta Pública de Aquisição) lançada para compra da PT, e passa a não ter qualquer participação no antigo alvo.

Ao todo, segundo informa o comunicado, a Sonaecom se desfez de mais de 11 milhões de ações, que foram vendidas a 9,61 euros. A empresa disse, ainda, ter registrado lucro de 2,66 milhões de euros com a operação. Calcula-se, no entanto, que a Sonae tenha perdido algo em torno de 40 milhões de euros no processo de oferta hostil.

Na última sexta-feira, a assembléia realizada para decidir sobre a modificação dos estatutos, condição para que a Sonaecom arrematasse a operadora portuguesa, 51,5% dos votos válidos manifestaram-se contrários à flexibilização do regimento da empresa. Ou seja, os estatutos da operadora se mantiveram blindados e a oferta hostil anulada.

Da Redação, com agências internacionais. 

Anterior Acel contesta Minicom e diz que canal de retorno é serviço de telecom
Próximos Segundo pesquisa, orçamentos de TI devem responder por 2,2% do PIB.