Solução de célula de combustível reduz custo das telecomunicações rurais


Projetada para fornecer energia ultraconfiável e econômica para estações de base de telecomunicações por instalação independente e de baixa rede, a solução de célula de combustível GenCell A5 supera os altos custos resultantes da alimentação às telecomunicações rurais. Quando comparada ao uso de soluções convencionais de geradores a diesel ao longo de um período de 10 anos, a solução GenCell A5 é capaz de reduzir os custos operacionais das Empresas de Gestão de Torres (Towercos) e Operadoras de Rede Móvel (MNOs) em até US$ 250 milhões em 1.000 torres.

A GenCell A5 – da GenCell Energy, fornecedora e fabricante de soluções de energia por célula de combustível – representa a primeira solução de célula de combustível capaz de superar as limitações da atual infraestrutura de hidrogênio ao criar hidrogênio sob demanda a partir da amônia, a segunda substância inorgânica mais produzida no mundo. Mais de 200 milhões de toneladas de amônia são produzidas cada ano e distribuídas globalmente por meio de dutos, tanques e caminhões, tornando-a prontamente disponível e de baixo custo. Ao criar hidrogênio sob demanda a partir da amônia, a GenCell A5 fornece energia de célula de combustível limpa a um custo inferior em comparação com os geradores a diesel poluentes – a apenas US$ 0,50 por kWh.

A nova solução de energia por instalação independente requer manutenção mínima. Ao contrário dos geradores a diesel que exigem consumo e manutenção mensais longos e onerosos em cada uma das torres, um único tanque de 12 toneladas de amônia fornece combustível suficiente para um ano de operação à GenCell A5, durante 24 horas por dia, diariamente. O Gerenciador Remoto de IoT exclusivo da GenCell permite diagnósticos remotos e monitoramento de cada dispositivo de célula de combustível, reduzindo a frequência e os custos com visitas de engenheiros no local.

A solução de energia por instalação independente, GenCell A5, está disponível para encomenda hoje, com entrega comercial prevista para o segundo semestre de 2019.(Com assessoria de imprensa)

Anterior Ações da dona da Nextel sobem com notícia de intenção de venda da operação brasileira
Próximos Oi adota projeto de consumo consciente de energia