A crescente demanda por serviços de TI no mercado corporativo brasileiro chamou a atenção da alemã TeamViewer, que fornece um popular software de telepresença e compartilhamento de telas com mais de 100 milhões de usuários em todo o mundo. “A cada mês recebemos mais demanda do Brasil, é um mercado super importante para nós e no qual estamos investindo muito”, disse Gabriel Tosto, gerente de contas da TeamViewer para o Brasil, que não confirmou nem desmentiu a possibilidade de a empresa abrir um escritório no país no futuro próximo, seu terceiro fora da Alemanha.

 

A companhia, que conta entre seus clientes brasileiros a fabricante de sapatos Grendene, é voltada principalmente para o mercado de pequenas e médias empresas, que geralmente não têm recursos para contratar um serviço completo de TI e buscam uma solução econômica para VoIP, teleconferências, apresentações e controle remoto de dispositivos. “O Brasil é um mercado peculiar, porque só agora as empresas estão criando o hábito de pagar por software”, disse o executivo da TeamViewer, que recentemente lançou uma nova versão para o sistema operacional Linux, também muito usado por PMEs brasileiras. “Acho que tem a ver com a política do governo de priorizar o software livre”, afirmou.

 

Entre usuários corporativos, as aplicações do software variam desde reuniões online e acesso remoto de dispositivos a cursos de treinamento à distância, e a compra da licença inclui suporte em mais de 30 idiomas. Uma versão simplificada do software está disponível gratuitamente para uso pessoal e é popular entre “geeks” para controlar a tela do computador através do smartphone, por exemplo. “Estamos crescendo de maneira extraordinária, especialmente no Brasil, e temos clientes em todos os setores”, afirmou Tosto. A empresa não divulga números sobre seu desempenho.

 

As licenças TeamViewer começam em R$ 1.079, e são licenças vitalícias, incluindo atualizações de versões anteriores e um número ilimitado de sessões. A versão 7 do software conta com novas funcionalidades como a possibilidade de reuniões online com até 25 pessoas, e está disponível também para PCs e Mac OS, além dos sistemas operacionais móveis iOS e Android.