Sociedade entre Telefónica e PT na Vivo vai para a berlinda


Com a derrota da Sonaceom na tentativa de compra da Portugal Telecom, acirrou-se a disputa pelo controle da Vivo, a maior operadora de telefonia celular do Brasil. Isso porque a Vivo é controlada igualmente pela espanhola Telefônica e pela Portugal Telecom, que tiveram posições divergentes na assembléia geral de sexta-feira, que enterrou a oferta da …

Com a derrota da Sonaceom na tentativa de compra da Portugal Telecom, acirrou-se a disputa pelo controle da Vivo, a maior operadora de telefonia celular do Brasil. Isso porque a Vivo é controlada igualmente pela espanhola Telefônica e pela Portugal Telecom, que tiveram posições divergentes na assembléia geral de sexta-feira, que enterrou a oferta da Sonaecom.

O presidente do Banco Espírito Santo, Ricardo Salgado, que detém 8,08% das ações da PT, afirmou ontem à TV portuguesa que não vê mais sentido na manutenção da parceria na Vivo. “Será melhor a separação. Após as circustâncias a que chegamos vai ser difícil a convivência entre as duas”, afirmou ele, ao se referir ao fato de  a operadora espanhola ter votado a favor da oferta da Sonaecom.
 
 Na última sexta-feira, a assembléia realizada para decidir sobre a “desblindagem”  dos estatutos, condição para que a Sonaecom arrematasse a operadora portuguesa, 51,5% dos votos válidos manifestaram-se contrários à flexibilização do regimento da empresa. A Telefónica, maior controladora da PT, com 9,96% das ações, votou contra a maioria e a favor da oferta da Sonaecom, que ofereceu 11,5 bilhões de euros por 50% mais uma ação da companhia.

 A disputa pelo controle integral da Vivo passa, então, a ser o centro das atenções. Logo após o resultado da assembléia, o presidente da Portugal Telecom, Henrique Granadeiro, também fez referência expressa às operações brasileiras. “Eu quero corrigir a idéia de que a Telefónica é a compradora natural da Vivo”, reiterando a tese de que o Brasil e a África continuam a ser as regiões prioritárias para a atuação internacional da operadora portuguesa.
( Da Redação, com agências internacionais)

Anterior Sonaecom perde na PT
Próximos Matrix Internet instala pontos públicos de telefonia VoIP