Só 369 municípios brasileiros têm banda larga com mais de 10 Mbps


shutterstock_asharkyu_banda_larga_infraestrutura_cabo_fio

A realidade da banda larga brasileira é ainda muito frágil, seja sob a ótica da infraestrutura ou do acesso. Conforme os números apresentados hoje, 6, pela Anatel, apenas 369 municípios brasileiros têm oferta de banda larga com velocidade média maior do que 10 Mbps.

Em outras 3,756 mil cidades, as redes de telecom disponíveis só conseguem oferecer velocidades de 2 Mbps a 10 Mbps. E em 1,445 mil municípios, as velocidades de conexão chegam a no máximo 2 Mbps.

Se essa é a realidade das redes de acesso, na rede de transporte, a situação também não é nada boa. Há pelo menos 2,325 mil municípios brasileiros sem backhaul de fibra. Desse total, 58% concentra-se nas regiões Norte e Nordeste do país, e abarca 14% da população.

“Nos próximos anos ainda terão que ser investidos dezenas de bilhões de reais na infraestrutura de telecomunicações para que o país consiga ter uma rede de banda larga satisfatória”, afirmou o conselheiro da Anatel, Igor de Freitas.

Anterior No leilão reverso do PNBL, concessionária vai pagar pela construção da rede de outra operadora, diz André Borges
Próximos IPEA: 11, 6 milhões de domicílios brasileiros esperam pela rede de banda larga

2 Comments

  1. Vagner
    7 de junho de 2017

    Duvido que custe tão caro assim, o que vejo é uma tremenda má vontade das operadoras enquanto não sai uma decisão final com relação aos bens reversíveis. E essas torres de transmissão de energia que cruzam o Brasil e possuem fibras ópticas, por que não usam isso? Por que quase não se fala disso ? Nunca ví um país com tanta dificuldade em mudar de mentalidade. E as operadoras preferem oferecer super velocidades a poucos usuários, que nem aproveitam todo o potencial, do que oferecer velocidades mais justas a mais pessoas.

  2. Diego
    7 de junho de 2017

    E mesmo dentro desses municipios existem muitas áreas sobre monopólio e com internet abaixo dos 10mbps.