Smartphones representam 14% dos dispositivos brasileiros


A adoção de smartphones corresponde a 14% do total de usuários brasileiros, com forte tendência de crescimento, apontou a pesquisa “Nosso Planeta Móvel”, realizado pelo Google. Segundo o levantamento, 73% dos usuários brasileiros não saem de casa sem um dispositivo móvel, 75% utilizam smartphones para assistir a vídeos e 31% deles usam o dispositivo em suas compras como recurso para comparação de preços.

A utilização de smartphones tem pressionado a rede de dados da operadoras, que têm usado redes WiFi como alternativa. “Esta tendência tem levado as operadoras e prestadores de serviços Wi-Fi a uma recondução das estratégias de rede, que se volta para rearquitetura de redes móveis com células pequenas, utilização de Wi-Fi para descarregamento de dados móveis, novas abordagens para o tráfego de backhaul e novos dispositivos de borda para o processamento do núcleo de redes móveis”, aponta a fornecedora de sistemas de comunicação sem fio, Ruckus Wireless.

Mas, para que a Wi-Fi possa de fato se tornar estratégica no sentido de apoiar os mercados e as novas aplicações de TI, deve evoluir para uma tecnologia que proporcione desempenho confiável, maior alcance e adaptação automática às mudanças no ambiente”, diz John Lombardi, diretor regional de vendas para operadoras na América Latina e Caribe.

Atualmente, todos os dispositivos Wi-Fi, como smartphones e tablets, usam 2,4 GHz, mas poderão ter a capacidade de comunicação em 5 GHz. A mudança, de acordo com a Ruckus, seria um grande avanço para a tecnologia porque haveria maior espectro disponível em 5 GHz, do que todo o potencial do espectro LTE.

Anterior TIM e Oi ficam com os últimos casados da 4G
Próximos Orange será fornecedora global da transportadora ZIM