Smart Cities: Salvador e Búzios fazem pilotos de videomonitoramento inteligente


O videomonitoramento inteligente poderá ser uma das ferramentas a ganhar tração na área de cidades inteligentes. Dois projetos pilotos estão em andamento nesse segmento, um em Salvador e outro em Búzios e a Oi incluiu a plataforma em seu porfolio de aplicações e serviços para smart cities.

Sun Baocheng, presidente da CNBG, Huawei, informou durante o painel Telco Transformation realizado no Futurecom que a empresa realiza um piloto na Bahia que será importante para aprimorar a questão da segurança. O projeto está sendo realizado em Salvador e é liderado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado que já possui sistemas de câmeras no aeroporto, na rodoviária, estádios e metrô.

Com a participação da Huawei, o piloto está sendo liderado pela empresa Informática El Corte Inglês. Como as câmeras pertencem a um único dono, a Secretaria de Segurança, o trabalho consistiu em integrá-las entre si e ainda à plataforma de sistemas analíticos para videomonitoramento inteligente da fornecedora.

Durante o mesmo painel, o presidente da Oi, Eurico Teles, contou que a operadora realiza um projeto piloto em Búzios que envolve várias ferramentas, como videomonitoramento e reconhecimento facial. Ele não detalhou o projeto e também não informou quem é o parceiro nessa investida. Em Shenzen, sede da Huawei, a plataforma controla mais de 1,3 milhão de câmeras distribuídas na cidade de 12 milhões de habitantes.

No entanto, ontem a Oi anunciou também durante o Futurecom que está incluindo em seu portfolio para cidades inteligentes a solução de videomonitoramento inteligente da Huawei. Trata-se da mesma solução que está sendo aplicada no piloto de Salvador e está presente em outras cidades da América Latina, Europa e Ásia.

 

Anterior Big data: a riqueza dos dados
Próximos 5G chegará mais tarde e timidamente no Brasil, alertam presidentes das teles