Slim recorre de multa de US$ 1 bilhão


A operadora mexicana Telcel, propriedade de Carlos Slim, dono da America Movil, que é controladora da Claro e Embratel brasileiras, anunciou hoje que vai recorrer da multa recorde de US$ 1 bilhão lavrada dia 15 de abril pela agência de defesa da concorrência daquele país. A multa foi motivada por práticas monopolistas em relação à tarifa de interconexão da rede móvel. A agência entendeu que a operadora praticaria seu poder de mercado – ela detém 70% do market share de celular do México – e abusava no valor da tarifa para a terminação da chamada em sua rede. No Brasil, a GVT e a Oi também têm recurso no Cade – nosso órgão de defesa da concorrência – contra a tarifa de interconexão da rede móvel (conhecida aqui como VU-M, que custa em média R$ 0,40 o minuto). A multa mexicana equivale a 13,2% do lucro líquido da holding America Movil de 2010, que foi de US$ 7,8 bilhões. ( Da redação).

Anterior Terra é o novo canal de Internet/Vídeo da Sony
Próximos STJ decide que justiça local é responsável por ações contra blog