Sky lança HDTV e espera ter 300 mil assinantes do novo serviço


A Sky anunciou hoje o lançamento de seu novo serviço de alta definição, o Sky HDTV, disponível em todo o território nacional. Com a nova tecnologia e novos conteúdos, a empresa espera chegar ao final do ano com 300 mil assinantes usando o serviço de alta definição — dois terços clientes que devem migrar e …

A Sky anunciou hoje o lançamento de seu novo serviço de alta definição, o Sky HDTV, disponível em todo o território nacional. Com a nova tecnologia e novos conteúdos, a empresa espera chegar ao final do ano com 300 mil assinantes usando o serviço de alta definição — dois terços clientes que devem migrar e um terço de novos assinantes.

Com investimentos de R$ 140 milhões, dos quais R$ 80 milhões na campanha publicitária de lançamento, estrelada pela modelo Gilese Bündchen, a Sky espera se consolidar como uma TV por assinatura para as classes A e B. O presidente da empresa, Luiz Eduardo Baptista, acredita que o serviço Sky HDTV será viável para a classe C somente em três a quatro anos. "Nesse período pode ganhar escala e, com isso, ter uma queda de preço e o acesso democratizado", observou. Para as classes sociais de menor poder aquisitivo, a Sky oferece um pacote básico, no serviço pré-pago, a partir de R$ 50,00.

Com o serviço de alta definição, a estratégia da operadora é consolidar seu modelo, baseado na oferta de multiserviços. Nesse modelo, o cliente paga pelos serviços e não pelo equipamento, assim, a operadora já inclui no pacote a oferta de até dois pontos extras, oferece gratuitamente, em comodato enquanto o usuário for seu cliente, o receptor e um controle remoto universal, com facilidades para os usuários acessarem os diversos serviços da HD, como gravar a programação, buscar programas, ocultar canais adultos ou bloquear canais, entre outros.

O receptor, com tecnologia importada, mas montado na Zona Franca de Manaus, possui um disco rígido embutido de 500 giga-bytes, com capacidade de armazenar até 400 horas de conteúdo digital padrão (SD) ou 100 horas de conteúdo em alta definição (HD).

Entre as novidades, a operadora está lançando dez canais de alta definição e oferece dois pacotes: o digital Plus, com 133 canais em SD, oito canais em HD, num total de 141 canais, equipamento HDTV e o Sky Prime 24 horas, por R$ 229,00. O segundo pacote, Max Plus, inclui 143 canais  em SD, os oito canais em HD da seleção de filmes premium; os HBO HD e HBO – num total de 153 canais -, o equipamento HDTV e o serviço Sky Prime 24 horas, por R$ 253,90. 

Sem crise

Embora não divulgue números, o presidente da Sky informou que a operadora teve um bom desempenho no primeiro trimestre. "A crise está passando longe da Sky", afirmou Baptista.

Anterior Qualcomm tem prejuízo de US$ 289 milhões
Próximos NET ainda avalia perdas com fim da cobrança do ponto extra