Sky é dispensada de carregar a maioria dos canais obrigatórios


A Anatel dispensou parcialmente a Sky de carregar os canais obrigatórios do Serviço de Acesso Condicionado (SeAC), por meio da tecnologia DTH (satélite). De acordo com o ato publicado nesta quinta-feira (14), a exemplo do que já foi concedido a Oi TV, a operadora fica livre da transmissão dos canais das geradoras locais, que somam já 519 em todo o país, por três anos.

A Sky, porém, terá que carregar os canais públicos, como os da Câmara, Senado, legislativos, do Executivo, da cidadania, comunitário e universitário. E ainda os 14 definidos pela agência, que obriga as prestadoras do serviço que se decidiram por incluir um deles na sua grade.

Os canais obrigatórios para as prestadoras de DTH são: Globo, Band, CNT, Record, SBT, Rede Brasil, Rede TV!, Rede Viva, Rede Internacional de Televisão, Rede Mulher, Rádio e TV Aparecida, Canção Nova, MIX TV e MTV Brasil. A dispensa de carregamento de canais por operadoras de TV por assinatura que usam a tecnologia DTH é prevista na lei do SeAC (12.485/11). A decisão de hoje saiu por meio de circuito deliberativo.

Anterior Harris Broadcast lança roteadores Platinum IP3
Próximos Vonage anuncia Joint Venture com a Datora Telecom no Brasil