Setor público puxa o faturamento da Atlantis


A expansão dos serviços de vídeo-monitoramento IP para estados do Norte e Nordeste, assim como a conquista de grandes contratos no setor governamental, por meio de pacotes de Segurança Pública, proporcionaram à integradora Atlantis Tecnologia um faturamento 95% maior em 2008 em comparação com o ano anterior. Também contribuiu para o desempenho da empresa a …

A expansão dos serviços de vídeo-monitoramento IP para estados do Norte e Nordeste, assim como a conquista de grandes contratos no setor governamental, por meio de pacotes de Segurança Pública, proporcionaram à integradora Atlantis Tecnologia um faturamento 95% maior em 2008 em comparação com o ano anterior. Também contribuiu para o desempenho da empresa a instalação de sistemas de vigilância em condomínios fechados. "Nosso foco estava no mercado privado, mas o setor público acabou se destacando. Para este ano, queremos investir fortemente no setor privado, dando continuidade aos projetos que vinham sendo desenvolvidos para condomínios de alto padrão no ano que passou", comenta Cristiano Ramos, sócio-diretor da Atlantis.

Para 2009, a integradora planeja otimizar sua estrutura e expandir o número de clientes privados. "Mesmo com o atual cenário financeiro, nossos planos permanecem inalterados, pois os sistemas de segurança IP em 2009 tomarão uma fatia ainda maior do mercado, tanto público como privado", avalia Ramos. Para ele, a tendência deste ano será a integração de serviços dentro de redes IP. "Vamos buscar soluções convergentes para oferecer aos nossos clientes", aponta.

Criada em Porto Alegre, em 2001, além do faturamento expressivo, a Atlantis também comemorou a abertura de duas filiais em 2008: em Florianópolis e em São Paulo. Para este ano, a implantação de uma nova unidade de negócios para os estados do Norte e Nordeste está em estudo. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior CPFL Energia cria empresa própria de call center
Próximos Alexandre Duarte é gerente de tecnologia da Quest