Setor eletroeletrônico tem queda nas vendas em abril


No mês de abril, a crise econômica continuou afetando os negócios das indústrias elétricas e eletrônicas. Levantamento da Abinee mostra que para 67% das empresas pesquisadas as vendas e encomendas, no mês de abril, ficaram abaixo das realizadas no mesmo mês do ano passado. Em março, este percentual era de 51% das empresas. Também, na …

No mês de abril, a crise econômica continuou afetando os negócios das indústrias elétricas e eletrônicas. Levantamento da Abinee mostra que para 67% das empresas pesquisadas as vendas e encomendas, no mês de abril, ficaram abaixo das realizadas no mesmo mês do ano passado. Em março, este percentual era de 51% das empresas. Também, na comparação das vendas/encomendas do mês de abril /09 com março/09, 42% das empresas indicaram que ocorreu queda de vendas, e 30% estabilidade. Na pesquisa realizada em março deste ano, estes percentuais foram 25% e 24%, respectivamente.

Outro indicador que reflete a frustração das empresas foi o que revelou que os negócios de 59% dessas ficaram abaixo das expectativas, percentual significativamente acima do registrado em março (51%). Quanto aos pedidos em carteira, houve ligeira melhora em relação aos meses anteriores. Apesar do pequeno aumento do percentual de empresas que indicou a ocorrência de cancelamento de pedidos, reduziu a indicação de reprogramações.

As exportações, em abril, não se consolidaram como alternativa à queda do mercado interno. Para 60% dos informantes foram menores do que as realizadas em igual mês do ano passado e para 45% inferiores a março imediatamente anterior. Conforme consolidação das exportações do setor no mês de abril, mostra que houve queda de 28% quando comparadas com abril do ano passado. No acumulado no período de janeiro abril, ocorreu queda de 27%.

Computadores em queda 

A venda de computadores no Brasil caiu cerca de 12% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2008, segundo a pesquisa da consultoria IT Data feita a pedido da Abinee. Foram comercializados 2,5 milhões de PCs. A venda de desktops caiu 18% na compração com igual período, para 1,5 milhão de unidades, enquanto os notebooks tiveram 6,7% de aumento nas vendas, chegando a 710 mil. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior PT anuncia rede de fibra óptica com dois pacotes triple-play
Próximos Portabilidade chega a 1 milhão