Setor eletroeletrônico responde por 41% do faturamento da Zona Franca


Nos seis primeiros meses deste ano, o Pólo Industrial de Manaus faturou US$ 15 bilhões, cifra 31,4% superior aos US$ 11,4 bilhões auferidos em igual intervalo de 2007, e que supera toda a arrecadação de 2004, que foi de US$ 14,1 bilhões. No ano passado, o faturamento somado de todas as empresas da Zona Franca …

Nos seis primeiros meses deste ano, o Pólo Industrial de Manaus faturou US$ 15 bilhões, cifra 31,4% superior aos US$ 11,4 bilhões auferidos em igual intervalo de 2007, e que supera toda a arrecadação de 2004, que foi de US$ 14,1 bilhões. No ano passado, o faturamento somado de todas as empresas da Zona Franca de Manaus alcançou US$ 25,7 bilhões, o que representa crescimento de 13% sobre 2006. A expectativa para este ano é que esse valor alcance US$ 30 bilhões, segundo afirmou hoje Flávia Grosso, superintendente da Zona Franca, durante a 4ª Feira Internacional da Amazônia. 

Até junho último os aparelhos eletroeletrônicos foram responsáveis por 27,2% do faturamento total da Zona Franca, enquanto bens de informática responderam por 14,1%. De janeiro a junho deste ano, as indústrias dos dois segmentos somados registraram faturamento de US$ 6,2 bilhões, o que corresponde a 41,3% do faturamento total do Pólo Industrial da Amazônia, e a um crescimento de 19,5% em relação a igual intervalo de 2007. “Nesses segmentos destacam-se os telefones celulares e televisores, com a produção de tevês de LCD crescendo em progressão geométrica”, comemora Flávia.

No semestre, as exportações somaram US$ 586,5 milhões, valor 27,5% maior que os US$ 445,7 milhões exportados nos seis primeiros meses deste ano. “As exportações cresceram, mas o objetivo principal da Zona Franca de Manaus é a substituição de importações, e não exportações”, destacou Flávia. Por conta dos projetos aprovados em 2007, a Suframa deverá receber R$ 3,5 bilhões em investimentos este ano. “Os investimentos totais de projetos aprovados até agosto, com prazo de execução de três anos, já somam R$ 5,7 bilhões”, acrescentou.

O jornalista viajou a convite da Nokia.

 

Anterior PGO: Votação em sessão aberta ainda é incerta.
Próximos Tele.Síntese Análise - 159