Setor eletroeletrônico já demitiu 3 mil trabalhadores


A pesquisa realizada pela Abinee junto a suas associadas mostra que o setor já registra queda no nível de emprego na indústria eletroeletrônica de 0,8%, no mês de novembro, e de 1,04% em dezembro, o que resultou na redução do quadro de colaboradores do setor em cerca de 3 mil funcionários nos dois últimos meses …

A pesquisa realizada pela Abinee junto a suas associadas mostra que o setor já registra queda no nível de emprego na indústria eletroeletrônica de 0,8%, no mês de novembro, e de 1,04% em dezembro, o que resultou na redução do quadro de colaboradores do setor em cerca de 3 mil funcionários nos dois últimos meses do ano. A expectativa da entidade, antes da crise, era de que o setor fecharia 2008 com 166 mil empregados. Os números finais ficaram em 162 mil funcionários.

O setor acredita que haverá novas demissões ainda nos nos próximos dois meses, com perspectivas de se estabilizem a partir de então. O levantamento indicou também uma queda relevante de importações de produtos eletroeletrônicos, nos meses de novembro e dezembro de 2008, comparados com iguais meses de 2007, de -0,6% e de -6%, respectivamente, contra a um crescimento da ordem de 43% no período de janeiro-setembro de 2008 comparado com iguais meses de 2007.

No final do ano passado e começo deste ano, os setores que vêm mantendo o ritmo de crescimento estão ligados as áreas de GTD (Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica), infra-estrutura de telecomunicações, relacionados a investimentos produtivos amparados pela carteira de encomendas realizada antes do agravamento da crise e a materiais elétricos de instalação destinados ao varejo. (Da redação, com informações da assessoria de imprensa)

Anterior Pesquisa da Abinee mostra que a crise já atingiu o setor
Próximos Produção de celular teve queda de 50% no final de 2008